COVID-19 Bolsa de Voluntários Covid 19 com quase 100 inscritos num diaCOVID-19 Famalicão cria apoio extraordinário às rendasEducação Plataforma + Cidadania estendida à educação Pré-escolarCOVID-19 Famalicão cria bolsa de voluntários Covid 19COVID-19 Voluntariado COVID-19 - InscriçõesCultura e Turismo “Há Cultura” em casa dos famalicensesCOVID-19 Centro de Rastreio móvel de Famalicão começa a funcionar na próxima segunda-feiraMúsica Jovem Orquestra de Famalicão – InscriçõesCOVID-19 Paulo Cunha lança 30 medidas para combater a Covid 19 e apoiar famílias e empresasCOVID-19 Famalicão instala hospital de retaguarda e centro de rastreio à COVID-19Ambiente Gaivota da Islândia passa inverno em FamalicãoCultura e Turismo Famalicão reúne jovens músicos para estágio em orquestraCOVID-19 Paulo Cunha reclama urgência na criação de laboratório para realização de testes em FamalicãoCOVID-19 Câmara disponibiliza verba para que rastrear utentes dos lares do concelhoCOVID-19 Câmara equipa primeira linha de combate à pandemia com material de proteção individualCOVID-19 Câmara garante apoio financeiro extraordinário do município aos BombeirosCOVID-19 COVID-19: Câmara continua a assegurar refeições escolares durante as férias da PáscoaMobilidade Aviso de Trânsito: Rua Álvaro CastelõesMobilidade Aviso de Trânsito: Centro UrbanoCOVID-19 Câmara oferece apoio psicológico à populaçãoFreguesias Expansão da área central de Joane em discussão públicaCOVID-19 Famalicão cria Linha “Mais e Melhores Anos” para acompanhar e apoiar seniores do concelhoAtualidade Câmara avança com construção do Centro de Recolha Animal COVID-19 Câmara de Famalicão dá aulas de atividade física online
O SEU LUGAR

Visitantes / Experiências Animação Turística e Eventos

Vaudeville Rendez-Vous

O Vaudeville Rendez-Vous é um festival internacional de artes performativas com características únicas, dedicado exclusivamente ao universo do teatro físico, circo e cabaret. Organizado pelo Teatro da Didascália, em parceria com os Município de Vila Nova de Famalicão, onde nasceu, em 2014, Braga, Barcelos e Guimarães, invade ruas e praças da cidade com espetáculos de grande e pequeno formato.

Não é ilusionismo nem um truque de malabarismo. É o resultado de um trabalho profundo que o Teatro da Didascália tem desenvolvido, colocando esta grande malha urbana da região minhota a pensar de forma conjunta no circo contemporâneo. É um Festival que se fixa numa região composta por cidades com percursos culturais tão distintos, que abraça essa diversidade e a coloca a falar a uma só voz quando falamos de circo. É um Festival que acontece num contexto regional tão rico artisticamente, através dos seus agentes, equipamentos, património e eventos culturais, que se pode afirmar como o segundo polo cultural do país logo a seguir à capital. É um Festival que pelo contexto privilegiado em que se inscreve, não pode ficar alheio à construção de um programa artístico que esteja à altura dos elevados padrões de excelência sedimentados numa região cada vez mais cosmopolita.

Realiza-se anualmente, em Julho, nas quatro cidades (Vila Nova de Famalicão, Braga, Barcelos, Guimarães).