Atualidade Apresentação do catálogo da exposição "Comércio: Tradição & Modernidade"Mobilidade Condicionamento de trânsito: 19 de junho, Avenida Santiago de GaviãoCâmara “Pós-Covid: O Desafio Maior” é tema do 3.º Fórum Económico Famalicão Made InCâmara Reunião Municipal de 17/06 com transmissão em diretoAtualidade IV concurso de Quadras Antoninas premeia poetas inspirados pela mobilidadeCultura e Turismo Anima-te dedica fim-de-semana à Mostra Medieval e VikingFreguesias Requalificação do adro da Igreja permite a Sezures “construir comunidade”Freguesias Calendário projeta novo parque de lazer Cultura e Turismo Famalicão em modo Antoninas até domingoCultura e Turismo Galinha Mourisca: “É comer e gritar por mais!...”Freguesias Antas concentra-se no futuroCultura e Turismo Famalicão assinala Semana Internacional de Arquivos com webinnarCultura e Turismo Universo Camiliano cresce em SeideEconomia Raclac cada vez mais forteEducação Centro de Recursos Educativos concretiza Famalicão InclusivoCultura e Turismo Biblioteca Municipal com instalações temporárias no Centro Pastoral de FamalicãoFreguesias Frente de obras em PedomeCultura e Turismo Museu da Guerra Colonial com novo horárioCâmara Famalicão lança aplicação do município para aproximar cidadãos e facilitar acesso aos serviçosDesporto Suor, diversão e bem-estar em mais uma edição do Move-teJuventude Festival de Cinema Jovem de Famalicão com inscrições abertas até 7 de outubroFreguesias União das freguesias de Seide em ritmo de obrasEconomia Serviço de entrega de refeições representou volume de negócios de um milhão de eurosCultura e Turismo O “Discurso Silencioso” de Jorge Pinheiro na Ala da Frente
O SEU LUGAR

Residentes / Mobilidade
Rede Urbana Pedonal e Ciclável

Pedal, caminhe, desfrute!


Imagine-se a percorrer a paisagem verdejante do litoral Minho, alternando a paisagem dos campos de cultivo, com zonas florestais e com a margem ribeirinha do Rio Este. Quem teve o prazer de viajar de comboio na antiga linha férrea Famalicão-Póvoa, encerrada em 1995, terá bem presente o colorido dos cereais, o coaxar das rãs, o mugir das vacas, os relinchos dos cavalos, e a ondulação do arvoredo ao vento, normalmente crescente à medida que a cidade balnear da Póvoa de Varzim se aproxima. São prazeres para os sentidos que estão de volta e que podem ser apreciados como nunca. O antigo canal ferroviário foi transformado numa via ciclo-pedonal que é um deleite para os sentidos. Percorrê-la, a pé ou de bicicleta, é embarcar numa viagem com proveito garantido.

Na continuação da Via Ciclo-Pedonal, uma rede urbana pedonal e ciclável convida a percorrer e a conhecer a cidade, passando pelo parque 1º de Maio, os Paços do Concelho, o Museu Bernardino Machado, a Praça Dª Maria e o Centro Português do Surrealismo, e concluir no Parque da Devesa, com cerca de 27 hectares de verde para desfrutar, atravessado pelo rio Pelhe, a Praça - Mercado Municipal, restaurantes e esplanadas complementam o pulsar desta cidade coração de um concelho industrial.

DESENVOLVIMENTO:
+ Qualidade de Vida
A redução da presença automóvel e a sua velocidade é um elemento chave para a qualidade de vida de todos. O ar fica mais puro e diminui-se a poluição sonora.
Andar a pé e de bicicleta é recomendado como modo de transporte para as distâncias curtas, podendo ser complementadas com as viagens de automóveis (carros individuais ou autocarros públicos).

+ Saúde
Andar a pé e de bicicleta tem impactos positivos na saúde e no bem-estar físico e mental.
Caminhar reduz os riscos relacionados com o sedentarismo, como a obesidade e a diabetes. Aumenta a capacidade respiratória e tonifica os músculos.

+ Convívio Social
+ Poupanças

Andar a pé e de bicicleta reduz as despesas de transporte (deslocação e manutenção), convida ao convívio social e à interação e reduza o stress, próprio dos congestionamentos.

+Segurança
A via tem uma faixa dedicada para quem se desloca a pé e uma faixa para quem se desloca de bicicleta, aumentando a segurança dos seus utilizadores.

Caraterísticas/regras de circulação:
- Pavimento regular (betuminoso) e com declives suaves;
- Disponível para utilização durante todo o ano;
- Acessível a pessoas com mobilidade reduzida;
- Interdita ao uso de veículos a motor (motociclos, carros, tratores);
- Permitidas bicicletas elétricas.
- Velocidade máxima de 20 km/h;
- Cruzamentos com a estradas devidamente sinalizados;
- Cruzamentos com a rede viária principal (EN 204 e ER206) com colocação de semáforos;

Recomendações/Segurança:
- Utilize sempre a faixa dedicada (para andar a pé ou de bicicleta);
- Quando estiver em grupo, não ocupe toda a faixa dedicada;
- Circule sempre que possível do lado direito da sua faixa dedicada;
- Ao andar de bicicleta, use capacete e esteja sinalizado;
- Respeite a distância de segurança da bicicleta da frente e dar indicação quando ultrapassar;
- Use elementos refletores para ficar mais visível à noite;

CONFORTO:
- A via constitui um parque verde linear, com várias novas árvores plantadas;
- Existem pontos de descanso e de observação;
- “Mantenha o espaço limpo e proteja a natureza” …não destrua a vegetação.

Documentos

Documentos disponíveis para download em formato PDF.

Data Documentos Tamanho Download
17/05/2021 Desdobrável
2.71 Mb
Download PDF