Atualidade Cabaz “Produto que é Nosso” para um Natal com sabores famalicensesFreguesias Construção da Casa Mortuária de Esmeriz arranca em janeiroCâmara Famalicão vai manter abertos os serviços municipais essenciais nos dias 30 de novembro e 7 de dezembroEducação Famalicão assinala Dia Internacional da Cidade EducadoraCultura e Turismo Massas em estilo contemporâneo são a nova atração dos Dias à Mesa Economia Famalicão lança campanha de Natal para apoiar comércio e restauraçãoAção Social Candidaturas para apoio à renda decorrem até 15 de janeiroCOVID-19 Serviço de entrega de refeições ao domicílio prolongado nos próximos fins de semana e feriadosFamília Famalicão é “Familiarmente Responsável”Atualidade A magia do Natal chega hoje a FamalicãoFreguesias Largo do Senhor dos Aflitos, em Cruz, vai ser requalificadoCOVID-19 Câmara instala Centro de Retaguarda em São CosmeCOVID-19 Famalicão já distribuiu mais de 300 mil equipamentos de proteção individual a profissionais de primeira linhaAmbiente Intervenção na Praça Madalena FonsecaAmbiente Interrupções no abastecimento de água em Antas e CalendárioCOVID-19 Câmara disponibiliza serviço de estafetas para apoiar restaurantes do concelhoReabilitação Urbana Famalicenses com mais de dois mil lugares de estacionamento gratuito na cidadeCultura e Turismo A tradição e a modernidade do comércio famalicense retratadas em exposiçãoCultura e Turismo Ala da Frente mostra “Lusco Fusco” de Jorge Martins
O SEU LUGAR

Residentes / Cultura Rede de Museus

Museu da Indústria Têxtil da Bacia do Ave

Rua José Casimiro da Silva - Outeiro
4760-355 Calendário - VNF

T: 252 313 986
E: geral@museudaindustriatextil.org

Horário:
Terça - Sexta:
10h00 - 17h30
Sábado - Domingo:
14h30 - 17h30

Encerra à segunda e feriados

Entrada Livre
O Museu da Indústria Têxtil da Bacia do Ave foi fundado em 1987 como resultado de um projeto de investigação centrado na industrialização do setor têxtil da Bacia do Ave, dinamizado pelo Programa de Arqueologia Industrial da Universidade do Minho. Inserido numa área fortemente marcada pela industria têxtil, é o único museu dedicado a esta atividade existente no norte do País.
O acervo museológico é constituído por um conjunto de máquinas, instrumentos e objetos representativos de várias épocas e dos diferentes processos de produção, pertencentes a antigas fábricas têxteis instaladas na região. Assumindo particular destaque os Teares, Urdideiras, Caneleiras, Calandras, Laminadores, Contínuos, Bobinadeiras, Dinamómetros e Balanças. Esta quase meia centena de máquinas têxteis retratam as três principais etapas de produção: fiação, tecelagem e acabamento.
O Museu da Indústria Têxtil da Bacia do Ave integra a rota “Famalicão Turismo Industrial”.


Missão
Formar cidadãos mais conscientes dos impactos da produção têxtil e dos seus consumos individuais.

Objetivos
1. Reforçar a posição do museu como destino turístico;
2. Construir conhecimento sobre a arqueologia, o património e a museologia industrial, nacionais e internacionais;
3. Disseminar conhecimento e promover a reflexão sobre o passado e o presente da indústria têxtil;
4. Valorizar e qualificar o museu através da credenciação pela Rede Portuguesa de Museus;
5. Gerir, promover e enriquecer a coleção do museu.

Palavras inspiradoras
Identidade – Memória – Criatividade – Inovação – Empreendedorismo

Exposição Permanente

Sector de contexto histórico: fotos e textos elucidativos da História dos Têxteis no Vale do Ave.
Sector de linha de produção: máquinas de fiação, tecelagem e acabamentos.
- Centro de Documentação e reserva
- Sala de exposições e conferências.
Saiba mais sobre o Museu da Indústria Têxtil
Visite o website