Economia Câmara vai abrir concursos para espaços da nova Praça – Mercado de FamalicãoCultura e Turismo ICOM promove Encontros de Outono na Casa de CamiloCOVID-19 Mais de 50 famílias já receberam apoio extraordinário às rendasAmbiente Câmara lança nova frente de obras de saneamentoCultura e Turismo Helena Buescu vence Grande Prémio de Ensaio Eduardo Prado CoelhoAtualidade Assembleia Municipal desta sexta-feira reúne por videoconferênciaCâmara Habitar Famalicão reúne apoios à habitação do concelho e do paísCultura e Turismo Ala da Frente mostra “Lusco Fusco” de Jorge MartinsDesporto Câmara renova pisos de Basquetebol e Ténis do Parque da JuventudeCultura e Turismo Francisco Ribeiro da Silva guia Visita de Autor ao Museu de Arte SacraEducação Câmara assume projeto para a requalificação da escola Pe. Benjamim SalgadoCâmara Reunião municipal de 24/09 com transmissão em diretoCultura e Turismo A Casa das Artes em OutubroCâmara Selos Visão’25 atribuídos a 34 projetos inspiradores Cultura e Turismo II Ciclo de Conferências do Museu da Industria Têxtil arranca sábadoCultura e Turismo Famalicão associa-se às Jornadas Europeias do PatrimónioEconomia Montra “Produto que é Nosso” no Bandeirinha até 30 de setembroCultura e Turismo Dias à Mesa promovem Cozinha VegetarianaCultura e Turismo A memória do Holocausto e a ajuda Humanitária dão o mote para colóquio em FamalicãoEconomia “Produto que é Nosso” mostra-se no Intermarché de FamalicãoJuventude Ymotion com Open Call até outubro
O SEU LUGAR

Residentes / Cultura Rede de Museus

Museu da Indústria Têxtil da Bacia do Ave

Rua José Casimiro da Silva - Outeiro
4760-355 Calendário - VNF

T: 252 313 986
E: geral@museudaindustriatextil.org

Horário:
Terça - Sexta:
10h00 - 17h30
Sábado - Domingo:
14h30 - 17h30

Encerra à segunda e feriados

Entrada Livre
O Museu da Indústria Têxtil da Bacia do Ave foi fundado em 1987 como resultado de um projeto de investigação centrado na industrialização do setor têxtil da Bacia do Ave, dinamizado pelo Programa de Arqueologia Industrial da Universidade do Minho. Inserido numa área fortemente marcada pela industria têxtil, é o único museu dedicado a esta atividade existente no norte do País.
O acervo museológico é constituído por um conjunto de máquinas, instrumentos e objetos representativos de várias épocas e dos diferentes processos de produção, pertencentes a antigas fábricas têxteis instaladas na região. Assumindo particular destaque os Teares, Urdideiras, Caneleiras, Calandras, Laminadores, Contínuos, Bobinadeiras, Dinamómetros e Balanças. Esta quase meia centena de máquinas têxteis retratam as três principais etapas de produção: fiação, tecelagem e acabamento.
O Museu da Indústria Têxtil da Bacia do Ave integra a rota “Famalicão Turismo Industrial”.


Missão
Formar cidadãos mais conscientes dos impactos da produção têxtil e dos seus consumos individuais.

Objetivos
1. Reforçar a posição do museu como destino turístico;
2. Construir conhecimento sobre a arqueologia, o património e a museologia industrial, nacionais e internacionais;
3. Disseminar conhecimento e promover a reflexão sobre o passado e o presente da indústria têxtil;
4. Valorizar e qualificar o museu através da credenciação pela Rede Portuguesa de Museus;
5. Gerir, promover e enriquecer a coleção do museu.

Palavras inspiradoras
Identidade – Memória – Criatividade – Inovação – Empreendedorismo

Exposição Permanente

Sector de contexto histórico: fotos e textos elucidativos da História dos Têxteis no Vale do Ave.
Sector de linha de produção: máquinas de fiação, tecelagem e acabamentos.
- Centro de Documentação e reserva
- Sala de exposições e conferências.
Saiba mais sobre o Museu da Indústria Têxtil
Visite o website