O SEU LUGAR

Residentes / Segurança
Gabinete Técnico Florestal

Gestão florestal sustentável e multifuncional

O uso do fogo encontra-se associado a várias práticas agrícolas e florestais, no entanto, são vários os casos em que estas atividades se descontrolam e originam grandes incêndios com graves consequências ecológicas e socioeconómicas. Cerca de 98% das ocorrências têm causa humana. Assim, torna-se urgente uma alteração de comportamentos na sociedade de modo a que as queimada possam ser realizadas, mas com um menor risco.

Por isso fora do período crítico, entre 30 de setembro e 1 de junho, quando o índice de risco de incêndio não seja de níveis muito elevado ou máximo, a queima de matos cortados, amontoados e qualquer tipo de sobrantes de exploração está sujeita à comunicação prévia à autarquia local, nos termos do n.º 2 do art.º 28º do Decreto-Lei n.º 14/2019 de 21 de janeiro.

Pode fazê-lo:
- telefonando para os serviços municipais através do n.º 252 317 336
- telefonando para a GNR através do n.º 808 200 520 entre as 08h00 e as 21h00
- através de registo na aplicação informática disponível no site do ICNF
Aceda ao Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas para efetuar o registo