Pesquisar
 
 
 
 
Alterar tamanho do texto
Cultura e Turismo
“Dias à Mesa” apelam aos sentidos e atraem turistas
    14-02-2019
    São oito fins-de-semana gastronómicos que conjugam os melhores paladares com uma agenda cultural e desportiva animada, proporcionando aos visitantes uma experiência completa dos sentidos, com sabores únicos e muitos divertimentos. São assim os “Dias à Mesa”, a nova iniciativa gastronómica promovida pela Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, que foi apresentada num dos restaurantes mais antigos do concelho, a “Cozinha Sara”, em conferência de imprensa.

    Os primeiros “Dias à Mesa” decorrem já entre 28 de fevereiro e 3 de março com o Cozido à Portuguesa, conjugando-se com o Carnaval. Será também apresentada a nova estratégia de desenvolvimento Famalicão Turismo 2020 e paralelamente irá decorrer o mercado dos fornecedores, com a apresentação da indústria da carne regional e os produtores de fumeiros e enchidos.

    Trata-se de “um novo projeto turístico com dimensão horizontal, que junta a gastronomia com outros atrativos, chamando até Vila Nova de Famalicão mais visitantes e com maior permanência”, explicou o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha. “São oito momentos que decorrem ao longo do ano em que existe um conjunto de acontecimentos que achamos perfeitamente conciliáveis com a dimensão gastronómica”, acrescentou o autarca.

    Para Paulo Cunha, o objetivo é “fazer desta iniciativa uma atividade permanente e não ocasional. Não queremos que seja uma atividade do inverno ou do verão, queremos que seja do ano inteiro.”
    Para já, a iniciativa conta com a adesão de mais de três dezenas de restaurantes, mais de uma dezena de estabelecimentos e alojamento turístico e um conjunto de produtores e fornecedores locais. Neste âmbito, o presidente da Câmara Municipal salientou ainda a associação dos produtores locais à iniciativa, nomeadamente os produtores de vinhos verdes e dos frutos, completando a gastronomia.

    Em Maio, por altura da Festa da Flor serão os Rojões a comandar as cozinhas famalicenses. Durante a Feira Medieval e Viking, em Julho, o rei será o Bacalhau e os petiscos. O mês de setembro divide-se em Francesinhas para acompanhar com o Beer Fest e Street Food e em Cozinha Vegetariana para com o melhor dos produtos regionais biológicos, a complementar a Feira Grande de S. Miguel. Em outubro, é tempo de celebrar a Cozinha Internacional, com o International Week. A castanha é quem mais ordena em novembro, acompanhado as festas em honra de S. Martinho. Mas, durante este mês há ainda tempo e espaço para as massas, que se conjugará com a Meia Maratona.

    Ainda durante a conferência de imprensa, o vereador do Turismo da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Augusto Lima, destacou o facto do ‘Dias à Mesa’ integrar a nova estratégia para o turismo do concelho. “Esta iniciativa vem recuperar e reanimar uma tradição que já existiu no passado também ligada à gastronomia, mas agora surge com outros atores, envolvendo-se os restaurantes, a indústria agro-alimentar e os novos produtores locais”, explicou o vereador do Turismo, realçando a valorização da cozinha regional em harmonização com os melhores vinhos.
28/02/2019 Turismo e Internacionalização - Promoção
Imagens: ZOOM OUT
28/02/2019 Famalicão lança estratégia para cativar mais turistas
Imagens: FAMA TV
    Receber Notícias
 
 
Subscrever RSS  
 
Enviar por email  
 
Imprimir  
1033 leituras
 
 
TOPO
 
   
  Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão © copyright 2019 | handmade by brainhouse