Pesquisar
 
 
 
 
Alterar tamanho do texto
Educação
Cerca de 150 jovens em projetos de intervenção socioeducativa e mobilidade
    08-05-2018
    O Programa Ser Europa promovido pelo pelouro da Educação do Município de Vila Nova de Famalicão mobilizou durante este ano letivo, cerca de centena e meia jovens, entre os 14 e os 19 anos, em projetos de intervenção socioeducativa e de mobilidade. Os projetos de mobilidade foram organizados em colaboração com as escolas e o tecido associativo do concelho e mobilizaram mais 30 jovens, todos do ensino secundário, para países como Itália, Turquia e Espanha.

    Ao nível dos projetos de intervenção socioeducativa foram quase 90 os jovens que integraram ou iniciaram projetos de ligação à comunidade integrados em associações locais ou na própria comunidade educativa. Estes projetos tiveram por base a Rede de Clubes Europa, dinamizada pelos técnicos do Projeto Ser Europa.

    Os números foram dados a conhecer na semana em que se assinala o Dia da Europa – que se celebra esta quarta-feira. Para o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, “o sucesso deste programa está bem visível no número de jovens envolvidos e nos projetos desenvolvidos”.

    Os Clubes Europa são um centro dinamizador de atividades no âmbito da educação para a cidadania europeia. Os Clubes são compostos por técnicos de juventude, professores e alunos que desenvolvem um conjunto de atividades com o objetivo de alargar os conhecimentos sobre a Europa e a União Europeia, desenvolvendo ao mesmo tempo competências no âmbito do associativismo juvenil, intercâmbio de boas práticas, das TIC e linguísticas, tanto na língua materna como em línguas estrangeiras.

    Os Clubes Europa têm como objetivos gerais criar um espírito europeu entre os seus membros, transmitindo-o aos outros membros da comunidade em que estão inseridos, promover, com o apoio das entidades competentes, ações de dinamização tendentes a uma melhor informação sobre a Europa Comunitária, nomeadamente, aspetos geográficos, históricos, culturais, económicos e as próprias instituições e promover o conhecimento do património cultural e natural da Europa e dos problemas contemporâneos que a Europa enfrenta.

    Por fim, estes clubes desencadeiam um conjunto de ações que também pretendem contribuir para a compreensão do pluralismo europeu, para a compreensão e tolerância recíprocas, para uma tomada de consciência relativamente à interdependência europeia e mundial e à necessidade de cooperação e ainda contribuir para a criação do sentido de responsabilidade dos alunos enquanto jovens cidadãos europeus, no que respeita à paz, aos direitos do homem e à defesa e conservação do ambiente e do património cultural.

    Refira-se que o programa Ser Europa foi criado em novembro de 2015 envolvendo no total perto de três centenas de jovens do concelho.

    Receber Notícias
 
 
Subscrever RSS  
 
Enviar por email  
 
Imprimir  
681 leituras
 
 
TOPO
 
   
  Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão © copyright 2018 | handmade by brainhouse