Pesquisar
 
 
 
 
Alterar tamanho do texto
Cultura e Turismo
Câmara de Famalicão procura ideias para edifícios abandonados
    28-09-2014
    A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão quer saber que destino é que os famalicenses gostariam de dar aos edifícios devolutos ou degradados do concelho. O desafio é lançado através da iniciativa “Se as paredes falassem…” que vai decorrer de 29 de setembro a 5 de outubro, no âmbito da estratégia “Famalicão Visão’25 – 25 ideias para o futuro”.

    A ideia é que os famalicenses identifiquem os espaços desaproveitados do centro urbano da cidade, colando autocolantes nas fachadas dos mesmos e nos quais deverão escrever em que gostariam de ver convertidos os edifícios.

    Com esta iniciativa, a Câmara Municipal espera conhecer as expectativas dos famalicenses e delinear quais os edifícios prioritários para futuras intervenções, numa altura em que a autarquia se encontra a elaborar um plano estratégico de reabilitação urbana para o concelho.

    Resta ainda referir que os interessados na iniciativa poderão adquirir os autocolantes no Departamento de Ordenamento e Gestão Urbanística da Câmara Municipal, localizado nos Paços do Concelho.

    Recorde-se que esta é uma das várias iniciativas agendadas para a terceira semana temática do “Famalicão Visão’25”, que decorre a partir de amanhã, segunda-feira, 29 de setembro, até ao dia 5 de outubro, e que será dedicada ao “Crescimento Inteligente”.

    Um novo olhar sobre os edifícios abandonados

    A Reabilitação Urbana será assim um dos temas em destaque durante a próxima semana do “Famalicão Visão’25”, com uma série de iniciativas dedicadas ao tema. É o caso também do concurso de fotografia “Flash-Urbe”, organizado pela Câmara Municipal de Famalicão com o apoio da Associação Caixa de Imagens e da Editora Centro Atlântico, que vai desafiar os famalicenses a fotografarem os edifícios degradados do centro urbano da cidade.

    A participação é individual e o concurso é aberto a todos os interessados por fotografia, independentemente da sua idade, profissão e nacionalidade. A data limite para a entrega das fotografias é dia 30 de outubro, devendo ser remetidas para o endereço eletrónico reabilitacaourbana@vilanovadefamalicao.org. O regulamento do concurso já se encontra disponível para consulta.

    Ao primeiro prémio corresponde uma distinção no valor de 300 euros e 3 livros de fotografia da Editora Centro Atlântico. Ao segundo prémio corresponde uma distinção no valor de 200 euros e 2 livros de fotografia da Editora Centro Atlântico. Ao terceiro prémio corresponde uma distinção no valor de 100 euros e 1 livro de fotografia da Editora Centro Atlântico.
09-11-2014 'Se as paredes falassem…' no Jornal da Tarde da RTP
Imagens: RTP
    Receber Notícias
 
 
Subscrever RSS  
 
Enviar por email  
 
Imprimir  
4217 leituras
 
 
TOPO
 
   
  Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão © copyright 2018 | handmade by brainhouse