Agenda Municipal / Arte Circense Solos

Sáb 02 Abr
Programa Teatro Narciso Ferreira

Riba de Ave | 21h30

As sessões públicas, gratuitas numa primeira fase, estarão disponíveis apenas em bilheteira no Teatro Narciso Ferreira, 1 hora e meia antes de cada sessão | Classificação: M/6 | Duração: 45 min

No âmbito da parceria estratégica com a Rede Artes Performativas de Famalicão “SOBRE O PALCO, o TNF abre a programação de artes performativas com uma mostra de trabalhos do INAC – Instituto Nacional de Artes do Circo, no sentido de fortalecer o Ensino Profissional de Circo Contemporâneo no concelho, assim como promover jovens pré-profissionais em contexto de profissionalização e futura integração no mercado de trabalho. A rede informal SOBRE O PALCO tem contribuído fortemente para o reforço dos agentes, entidades e ações culturais, reforçando a sua maior integração local, a interligação nacional e a participação internacional.

#01 Performance
Aquela dança que meus dedos fazem quando estou pensando
Criação e Interpretação: Callum Donald (Escócia)

Multitarefa não é realmente uma coisa que somos capazes de fazer. É uma falácia que inventamos porque não podemos nos concentrar em uma tarefa. Mas fazer as coisas inconscientemente' Bem, isso é algo que fazemos o tempo todo, desde o primeiro café do dia até escovar os dentes à noite. Este espetáculo explora a experiência da dissociação por meio do circo, levando a dissociação do corpo e da mente a maiores alturas e riscos, ultrapassando as margens do que parece possível fazer sem foco total. O que somos capazes de fazer enquanto nossa mente está em outro lugar?


#02 Performance
OQNEPOMNOZCANC-O que não era para o Manel, nem o Zé comeu,aliás Ninguém comeu
Criação e Interpretação: Ivo Nicolau (Portugal)


De céticos para céticos uma leitura de tarot, um prato a apodrecer mas sempre comestível, uma Andorinha que nada, uma voz que manda e um tipo que tudo justifica sem concretizar as suas palavras. Nada será à toa se um propósito imaginado for. Levamos também o Nada em consideração. E se possível façamos da observação uma obra e não uma mera ação. A interpretação é livre e também nós o deveríamos ser. Bom disfruto Visual.


#03 Performance
Yãna
Criação e Interpretação: Josh & Cloé (Suíça)


Inspirado em práticas espirituais ao redor do mundo, este dueto transmite sabedoria antiga através de movimentos em espiral em acrobacias, artes marciais e dança. No mundo moderno, podemos facilmente nos desconectar de nossos "eus" interiores. Mas quanto mais nos reconhecermos, mais podemos conscientemente moldar o nosso futuro. Com movimentos únicos e fluídos, duas partes de um ser são retratadas. A transformação do inconsciente em consciente. Yãna é sânscrito e significa veículo ou também um tipo ou método de prática no budismo. Este espetáculo é um veículo que leva o público a uma viagem às profundezas de si mesmos.


#04 Performance
Um lembrete constante
Criação e Interpretação: Eline Nijboer (Holanda)


E você corre e corre para alcançar o sol,
mas está afundando e subindo atrás de você novamente.
Luz e escuridão, e luz novamente.
E corre e corre e nunca para.
E eu estou correndo, ficando sem tempo.

A protagonista está em um momento de lazer e calma antes de ser arrastada para a agitação do dia a dia. A pessoa cumpre seu dever de forma silenciosa e quase automática, até que essa rotina repetitiva e monótona provoca uma explosão de frustração. A sensação de impotência e ansiedade toma conta. Por um breve momento, ela consegue superar essa realidade pragmática ao ser erguida no ar. Lá ela recupera a capacidade de aproveitar a vida e ser criativa novamente. Enquanto dança no ar. Lá ela recupera a capacidade de aproveitar a vida e ser criativa novamente. Enquanto dança no ar o personagem é inconscientemente puxado para baixo, de volta à rotina.

Ficha Artística:
Direção Geral: Bruno Machado
Direção Artística: Chiara Capparelli
Apoio a Criação: Jorge Lix e Sandra Salomé
Técnico de Luz: Luís Machado
Técnico de Som André Borges
Diretor técnico/Rigger: Hugo Zanardi
Produção: Juliana Moura e Lueli Cristina
Equipa de Media (INAC): Ashleigh Georgiou e Carlos Teixeira
Intérpretes: Callum Donald, Cloé Matter, Eline Nijboer, Ivo Nicolau e Josh Golszewski

Produção: INAC – Instituto Nacional de Artes do Circo
Coprodução: Teatro Narciso Ferreira [Casa das Artes de Famalicão]




541 leituras