Pesquisar
 
 
 
 
Alterar tamanho do texto
Educação
Universidade Jovem: Famalicão desafia jovens a experimentar o ensino superior
    03-05-2011
    Já estão abertas as inscrições para a Universidade Jovem 2011, uma iniciativa promovida pela Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão em colaboração com a Universidade Lusíada e a Escola Superior de Saúde do Vale do Ave. Até 23 de Junho, os alunos que frequentam o 2.º e o 3.º Ciclo do Ensino Básico, o Secundário ou o Profissional podem fazer a sua inscrição junto das instituições académicas e embarcar numa aventura ímpar pelos corredores, salas e laboratórios das universidades, participando num conjunto diversificado de actividades, por entre as várias áreas de formação existentes.

    A Universidade Jovem, que foi, esta segunda-feira, apresentada em conferência de imprensa, decorre nas semanas entre 27 de Junho e 8 de Julho, esperando-se, “mais uma vez a mobilização de centenas de jovens”, como salientou o vereador da Juventude, Mário Passos. “Ainda mais porque este ano reduzimos em 10 euros o valor da inscrição, tendo passado de 30 euros para 20 euros”, explicou. O valor já inclui almoço e lanche.

    Antes de escolher um curso no ensino superior a experiência de participar na Universidade Jovem tem sido um trunfo para muitos estudantes que têm dúvidas sobre o rumo a seguir, mas também para aqueles que querem conhecer e aprender mais sobre o que é o ensino superior. Para Mário Passos, o objectivo é, por isso, “proporcionar aos jovens pré-universitários uma experiência universitária vivida no contexto académico”. Por outro lado, “queremos oferecer aos jovens a possibilidade de ocuparem o seu tempo livre com iniciativas que lhes sejam úteis”, acrescentou.

    Na Universidade Lusíada, os jovens vão poder optar entre a Faculdade de Arquitectura e Artes, Engenharia e Tecnologia ou Ciência da Economia e Empresa. Segundo o responsável Miguel Guerreiro, “a Faculdade de Arquitectura vai proporcionar uma semana muito interessante e interactiva, com a elaboração de trabalho sobre design e arquitectura”. No final, será apresentada uma exposição com o resultado da iniciativa. Já a Faculdade de Engenharia “terá uma perspectiva mais instrumental em que os alunos farão experiências nos diversos laboratórios”, explicou o responsável. Miguel Guerreiro adiantou ainda que “será feita uma comunicação via rádio com a Estação Internacional que se encontra a orbitar a terra no espaço” assim como será desenvolvida “uma parte robótica sempre muito apreciada”. Na área das Ciências, os alunos serão desafiados a desenvolver uma marca e uma ideia.

    Entretanto, a Escola Superior de Saúde do Vale do Ave que já costuma receber muitos estudantes, inclusive de vários concelhos de norte do país, oferece aos jovens sobretudo actividades práticas, como explicou o representante da instituição Luís Silva. “O objectivo é dar a conhecer os diversos ramos da saúde”, referiu.

    Também presente na conferência de imprensa, o vice-presidente da autarquia famalicense Paulo Cunha elogiou as duas universidades instaladas em Famalicão, reconhecendo-lhes o mérito e a dimensão. Paulo Cunha realçou ainda que a Universidade Jovem “é uma ferramenta que serve para fixar os jovens em Famalicão, criando condições para que façam cá a sua vida, criem riqueza e construam o seu futuro profissional”. “É aquilo que designamos por Marketing Territorial e que consiste em demonstrar às pessoas, principalmente aos jovens, que Vila Nova de Famalicão tem todas as condições para que eles se mantenham cá e desenvolvam cá todo o seu processo de formação”, destacou.

02-05-2011 A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, a Universidade Lusíada e a Escola Superior de Saúde do Vale do Ave apresentaram Universidade Jovem.
Imagens FAMA TV
    Receber Notícias
 
 
Subscrever RSS  
 
Enviar por email  
 
Imprimir  
2441 leituras
 
 
TOPO
 
   
  Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão © copyright 2017 | handmade by brainhouse