Pesquisar
 
 
 
 
Selos 2016
Alterar tamanho do texto
Premiados com os Selos Famalicão Visão 25 em 28 de setembro de 2016

CATEGORIA FAMALICÃO MADE IN

PEÚGAS CARLOS MAIA
Projeto ‘Aumento da capacidade produtiva e conquista de novos mercados’
Este projeto conferiu inovação, qualidade e valor acrescentado ao produto. A marca Pureco é hoje reconhecida em 19 países onde a Peúgas Carlos Maia já regista um volume de vendas aproximado de 6,5 milhões de euros. Peúgas Carlos Maia é a única empresa em Portugal que aplica tratamento antibacteriano nas meias e a única que possui detetor de metais no processo produtivo.

MUNDOS DE VIDA
Projeto ‘Colégio Bilingue – 1º Ciclo’
Criado em setembro de 2015, o Colégio Bilingue Mundos de Vida é a primeira escola bilingue de 1º Ciclo do Norte do país, com autorização de funcionamento pelo Ministério da Educação e Ciência e com parceria técnica do British Council. É um projeto para a comunidade, diferenciador e criativo, e que contribui para a imagem de um concelho atrativo para quadros qualificados.

PINHEIRO DE LACERDA
Projeto ‘Injex – de 2013 a 2019’
Especializada no fabrico de componentes para máquinas por transformação de polímeros de engenharia, a INJEX iniciou em 2013 um processo de desenvolvimento produtivo focado em dois grandes objetivos: inovação produtiva e internacionalização. Deste processo, que decorre até 2019, faz parte uma unidade de bi-injeção, que se assume como uma nova faceta na injeção de plásticos técnicos. A inovação incremental aplicada ao processo produtivo é assim uma das marcas da INJEX.

MARJOMOTEX II – CONFEÇÕES
Projeto ‘Marjomotex II – Plano de Internacionalização Sustentável’
Empresa têxtil de cariz familiar, fundada há 35 anos, a Marjomotex está a desenvolver um plano de internacionalização sustentável que pretende potenciar as exportações, consolidar um conceito distinto e valorizar a estrutura e os ativos. Acresce, na vertente de certificação ecológica, a aposta na produção de têxteis a partir de fibras orgânicas. Outras das vertentes de inovação é a produção de calças em materiais ditos inteligentes.

CITEVE – Centro Tecnológico das Indústrias Têxtil e do Vestuário.
Projeto ‘NETT – Novas Empresas Tecnológicas Têxteis’
O NETT procura abordar de forma concertada o empreendedorismo e a inovação no Setor Têxtil e Vestuário. Propõe-se atingir como resultados a criação de 10 novas empresas e de 20 postos de trabalho. É, pois, um projeto focado na promoção do espírito empresarial e no fomento do empreendedorismo de base tecnológica, aspeto este que o diferencia.

AMBLV, Acessórios de Luxo
‘Projeto de internacionalização da marca âme moi’
A âme moi iniciou há três anos um projeto de internacionalização e reforço de notoriedade na Europa e na Ásia, com criação, produção e comercialização de Famalicão para o mundo, potenciando o emprego local e projetando a imagem de Famalicão a nível nacional e internacional. É uma marca diferenciadora, no design, na abordagem, no posicionamento e na comercialização.

FAMASETE
Projeto ‘Wingsys Versão 2.0’
A nova versão 2.0 dos sistemas interativos Wingsys dispõe de vários tipos de produtos tecnológicos multitoque. A marca Wingsys designa todas as soluções interativas inovadoras produzidas pela Famasete, empresa com 20 anos de atividade e líder no mercado português no desenho e na conceção de projetos tecnológicos.


CATEGORIA B-SMART FAMALICÃO

OFICINA – Escola Profissional do Instituto Nun’Alvres.
Ação ‘Bgreen / Ecological Film Festival’
Destinado a alunos de todo o país, o Bgreen – Ecological Film Festival sensibiliza para as questões ambientais através da realização de spots vídeo. Um festival que abarca as dimensões pedagógica, ambiental, social e audiovisual. E que já é reconhecido pelos seus aspetos diferenciadores, desde logo, porque é feito por uma escola. Mas também porque usa metodologia integrativa e é uma ferramenta de trabalho para outras escolas.

Comissão Social Inter-Freguesias do Vale do Este
Ação ‘Feira de Produtos da Terra’
Apresentada no Fórum Comunitário que se realizou em junho de 2013, nas instalações da Associação Engenho, a Feira de Produtos da Terra exige um esforço muito concertado entre quem a organiza e quem nela participa. É uma iniciativa inovadora porque nasce da vontade das populações e dos agentes locais. Produzir local, consumir local é uma âncora do desenvolvimento integrado e da sustentabilidade ambiental.

Centro Social Paroquial de Ribeirão
Projeto ‘Hortas Acessíveis’
Com o projeto Hortas Acessíveis, o Centro Social Paroquial de Ribeirão já registou notáveis impactos económicos, sociais e territoriais. A inovação neste projeto reside no sistema de cultivo. As plantas são cultivadas ao longo de todo o ano em perfis específicos, acima do solo, o que garante produtos de qualidade superior. Claramente, um serviço diferenciador para a comunidade.

Centro Social e Cultural S. Pedro de Bairro
Projeto SER – Sempre em Reabilitação
O projeto SER – Sempre em Reabilitação resulta da criação de uma Unidade Económica de Produção de Pellets cujo funcionamento é assegurado exclusivamente por jovens com Necessidades Educativas Especiais. Este projeto meritório assume um caráter inovador, por várias ordens de razão. Desde logo porque é unidade económica numa área de formação que não existe na região, tem um forte impacto económico e garante a inclusão e integração de jovens com Necessidades Educativas Especiais.


CATEGORIA FAMALICÃO VOLUNTÁRIO

RE-FOOD 4G
Projeto Núcleo Re-food de Vila Nova de Famalicão
O Re-food de Vila Nova de Famalicão é um movimento comunitário independente, totalmente voltado para a comunidade e que opera a partir dela própria. Tem como missão eliminar o desperdício alimentar e acabar com a fome. É um projeto social inovador, criativo e diferenciador. Porque está assente no trabalho 100% voluntário e nas parcerias públicas e privadas. Promove a ligação entre a sustentabilidade ambiental, a inclusão social, a saúde e a comunidade.

YUPI – Youth Union of People With Initiative
Projeto Time4U – Bolsa de Voluntariado e Participação Ativa Juvenil
O Time4U nasce com o propósito de promover o voluntariado entre os jovens. A realidade observada na Áustria inspirou a YUPI para construir este projeto único em Portugal. O Time4U começa em 2007 nas escolas de Famalicão para sensibilizar os jovens para o voluntariado, demarcando-se por apresentar uma essencial característica diferenciadora, que consiste num cuidado processo de reconhecimento e validação de competências. Em todo este processo está subjacente a utilização exclusiva de metodologias de educação não formal.


CATEGORIA FAMALICÃO COMUNITÁRIO

CEVE - Cooperativa Elétrica do Vale do Este
Projeto CEVE Solidária
Criada em 1930, a Cooperativa Eléctrica do Vale D’Este reserva parte dos seus dividendos para redistribuição em prol do desenvolvimento social, tendo por base um projeto designado como “CEVE Solidária”. Este é assim um enorme projeto integrado de responsabilidade social que tem a particularidade de ser desenvolvido em 9 freguesias do concelho e mobilizar um conjunto de instituições locais de diferentes setores de intervenção.

Associação de Pais e Encarregados de Educação da EB Quintão e Jardim de Infância Mosteiro – Arnoso Santa Eulália.
Projeto de Requalificação da Escola Básica de Arnoso Santa Eulália da
A Escola Básica de Quintão é uma pequena escola situada no coração da freguesia de Arnoso Santa Eulália. No Verão de 2014 os pais das crianças uniram-se em torno da requalificação do edifício e do espaço envolvente, evitando o encerramento da escola. Num genuíno espírito de iniciativa, a comunidade trabalhou para que a escola se preservasse, dedicando parte do seu tempo a esta causa meritória. Um exemplo que pode muito bem ser replicado noutros territórios educativos e por outras associações ou entidades.
 
 
TOPO
 
   
  Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão © copyright 2017 | handmade by brainhouse