Pesquisar
 
 
 
 
Alterar tamanho do texto
Educação
Nos últimos cinco anos Famalicão investiu mais de 10 milhões de euros nas escolas do 1.º ciclo
    21-09-2018
    “A escola está maior e mais bonita, as salas de aula são mais confortáveis e modernas e temos um recreio coberto”. Matilde de 8 anos, frequenta o 4.º ano na Escola Básica de Esmeriz e está “muito feliz” com “a escola nova” que beneficiou, este ano, de obras de ampliação e modernização. Também João, de 9 anos, mostrou o seu contentamento com os novos espaços, principalmente com o novo campo de futebol que “está muito fixe”.

    A Escola Básica de Esmeriz exemplifica bem o trabalho que tem sido desenvolvido pela Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, nos últimos anos, na rede pré-escolar e do 1.º ciclo do concelho, o que levou o presidente da autarquia famalicense a visitar, esta sexta-feira, o edifício lembrando os grandes investimentos dos últimos anos.

    Ao todo, desde 2013, o executivo municipal liderado por Paulo Cunha já investiu mais de 10 milhões de euros na requalificação e modernização de cerca de meia centena de escolas do primeiro ciclo e pré-escolar, beneficiando muitos milhares de crianças e jovens.

    Só para este ano letivo 2018/2019, a autarquia está a investir 3,7 milhões de euros em obras, que abrangem cerca de 20 escolas. Algumas obras estão já concluídas, outras ficarão até ao final do ano.
    Neste âmbito, Paulo Cunha, salientou o investimento realizado nas grandes obras, de que é exemplo a Escola de Esmeriz. “A escola centenária que existia não tinha as condições de funcionalidade necessárias para dar resposta às exigências educativas de hoje e foi preciso avançar para uma intervenção de fundo, que implicou um grande investimento municipal, mas cujos resultados estão à vista”, assinalou o autarca referindo-se à comodidade e modernidade dos espaços. “Temos uma escola moderna, funcional, confortável, segura, com condições de excelência para que o processo educativo possa cumprir-se”.

    Tal como Esmeriz, o autarca destacou as obras nas escolas Conde S. Cosme (sede n. º1), Riba de Ave e Ruivães, que ainda estão em curso. “Com estas grandes intervenções fechamos um ciclo que começou há cerca de 15 anos e que envolveu um investimento muito grande na educação, dotando o concelho de um parque escolar de grande qualidade, com condições estruturais únicas no país”, afirmou Paulo Cunha visivelmente orgulhoso.

    O autarca lembrou ainda que se fecha um ciclo, mas não terminam as obras. “Há um conjunto de intervenções que irão avançar em breve que são menores, mas igualmente importantes e necessárias”, disse apontando as escolas de Mões, Avidos, Arnoso Santa Eulália e Vilarinho das Cambas.

    A visita à Escola Básica de Esmeriz contou ainda com a presença da diretora do Agrupamento de Escolas D. Sancho, Maria Helena Pereira, que considerou as obras na escola como “mais um passo na evolução e na qualidade dos nossos estabelecimentos escolares”. Para a responsável “com escolas boas consegue-se desenvolver um processo educativo com maior qualidade e uma educação integral”.
    Também o presidente da Junta de Freguesia de Esmeriz, Armindo Mourão, se mostrou muito satisfeito com a requalificação e ampliação da escola, salientando que “todas as estruturas foram bem pensadas e organizadas e o resultado é fantástico”.

    Para o representante da Associação de Pais, Pedro Fernandes, “o resultado das obras superou todas as expetativas. A comunidade educativa ficou muito satisfeita.”
    Receber Notícias
 
 
Subscrever RSS  
 
Enviar por email  
 
Imprimir  
1488 leituras
 
 
TOPO
 
   
  Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão © copyright 2018 | handmade by brainhouse