Pesquisar
 
 
 
 
Fundação Cupertino Miranda
Alterar tamanho do texto
 
A Fundação Cupertino de Miranda, com sede em Vila Nova de Famalicão, foi instituída por iniciativa de Arthur Cupertino de Miranda (1892-1988) e sua esposa, D. Elzira Celeste Maya de Sá Cupertino de Miranda, que à mesma afectaram bens pessoais e a constituíram por estatutos de 2 de Outubro de 1963. Inaugurada em 1972, é uma instituição particular de solidariedade social, reconhecida de utilidade pública e sem quaisquer fins lucrativos, que prossegue objectivos de carácter cultural e social. Foi dotada de um museu, de uma biblioteca e de um auditório, de forma a desenvolver actividades de promoção e divulgação de iniciativas culturais nas diferentes áreas de expressão.
Entre os bens pessoais que os fundadores doaram à Fundação, conta-se um grande número de obras de arte, com que se iniciou a colecção do Museu, e que desde então fazem parte do seu acervo, onde se destaca o tríptico "A Vida" de António Carneiro, obra-prima da pintura simbolista portuguesa. Seguindo as pisadas do fundador, o presidente seguinte, seu genro Eng.º João Carlos Sobral Meireles, doou também obras ao Museu, com especial ênfase para autores ligados ao surrealismo português, tais como Carlos Calvet, Carlos Eurico da Costa, Cruzeiro Seixas, Eurico Gonçalves, Júlio dos Reis Pereira, Manuel D'Assumpção, Mário Botas, Mário Cesariny, Mário Henrique Leiria, Pedro Oom, Risques Pereira e outros. O Museu conta assim no seu acervo, datado maioritariamente do século XX, com uma importante colecção de objectos de arte (pintura, escultura, objectos, desenho e fotografia), composta essencialmente por artistas surrealistas, mais especificamente do Surrealismo português, e é proveniente de aquisições, gratuitas e onerosas, de que se destacam as colecções de Cruzeiro Seixas, Mário Cesariny e Eurico Gonçalves.
O Museu da Fundação situa-se ao longo da torre, revestida com painéis da autoria de Charters de Almeida, desde o 2.º até ao 7.º andar, e está disposto em espiral para aproveitamento de espaços e fácil subida. Em 2003 aderiu à Rede Portuguesa de Museus.
O Museu, que tem vindo a apresentar sistematicamente a sua exposição permanente e exposições temporárias, assume hoje uma identidade própria, importante para o concelho e para o país
Contactos

Praça D. Maria II
4760-111 Vila Nova de Famalicão

Telefone: 252 301 650 | Fax: 252 301 669
E-mail: geral@fcm.org.pt

Horário:
Segunda a Sexta-feira: 10h00 - 12h30 e 14h00 - 18h00
Sábados e Feriados: 14h00 - 18h00
Encerra ao Domingo

Ingresso: Entrada Livre

Biblioteca:
Segunda a Sexta-feira: 10h00 - 12h30 e 14h30 - 18h00

Espaço aberto | Livraria:
Exposição/venda permanente de obras de arte plásticas, livros, pratas, cerâmicas, artesanato e produtos genuinamente portugueses.
Segunda a Sexta-feira: 10h00 - 12h30 e 14h00 - 18h00

Entidade Gestora: Fundação Cupertino de Miranda


www.fcm.org.pt
 
 
TOPO
 
   
  Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão © copyright 2017 | handmade by brainhouse