Pesquisar
 
 
 
 
Alterar tamanho do texto
Família e Educação
Famílias famalicenses podem poupar até 80% nos manuais escolares
    05-06-2017
    “Famalicão já reutiliza e as famílias poupam em manuais escolares”. A frase dá o mote para uma nova faceta que a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão lança para o terreno relacionada com a recolha e redistribuição dos manuais escolares do 7º ao 12º ano. O desafio, lançado em articulação com a empresa “Book in Loop” e com as escolas de Famalicão e a Federação Concelhia de Associação de Pais (FECAF) dá a possibilidade às famílias de venderem os manuais escolares que já não precisam, atuais e em bom estado, recebendo até 20% do preço de capa. Simultaneamente é dada a possibilidade às famílias de reservarem os manuais do próximo ano com 60% de desconto. No total as famílias podem vir a obter uma poupança global de 80%.

    O programa ‘Spin’ será desenvolvido de forma pioneira este ano nas autarquias de Santarém, Guarda, Castelo Branco, Figueira da Foz, Vila Nova de Famalicão, Fundão, Gouveia, Mação, Pinhel, Sertã e Vagos, enquadrando-se na estratégia de afirmação de municípios como Smart Cities. Trata-se de um projeto no âmbito da gestão sustentável dos recursos e da universalização da utilização de materiais didáticos de qualidade nas escolas. Com o Spin Famalicão, o município vai ser assim pioneiro na implementação de um programa de reutilização de manuais escolares que permite poupar o ambiente e poupar a carteira das famílias famalicenses.

    O processo é muito simples e desenvolvido através da internet em www.spinfamalicao.pt. As famílias só têm que fazer o registo dos manuais que já não precisam, entregando-os posteriormente em bom estado nos pontos de recolha referenciados, e reservar online os do próximo ano. Depois disto, os manuais reutilizados, com garantia de qualidade, chegarão comodamente pela mesma via antes do início do ano letivo e com o desconto respetivo.

    Para além desta nova ferramenta, com que a Câmara pretende universalizar o processo de reutilização de manuais escolares, a autarquia famalicense mantém ativo o Banco de Livros Escolares, que permite às famílias com maiores dificuldades, e que não sejam abrangidas pelo escalão A da Ação Social Escolar, acederem ao empréstimo gratuito dos manuais que precisam. O Banco de Livros Escolares será alimentado pela Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão em função das necessidades e pelas famílias que optem por oferecer os livros para este recurso de natureza eminentemente social. Neste caso, a cedência dos manuais usados deverá ser efetuada na Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco, Polos da Biblioteca, sedes de Agrupamentos de Escolas e Cooperativas de Ensino do concelho.

    Os livros em causa para os dois processos são sobretudo os do 7.º ao 12.º ano, uma vez que para o primeiro ciclo o Estado garante os manuais e a Câmara as respetivas fichas de trabalho. Já para o 2.º ciclo do ensino básico, a Câmara Municipal vai avançar este ano com a oferta a todos os alunos dos manuais das disciplina nucleares dos dois anos, nomeadamente das disciplinas de Português, Matemática, Ciências da Natureza, História e Geografia de Portugal e Inglês.
    Receber Notícias
 
 
Subscrever RSS  
 
Enviar por email  
 
Imprimir  
8502 leituras
 
 
TOPO
 
   
  Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão © copyright 2017 | handmade by brainhouse