Pesquisar
 
 
 
 
Alterar tamanho do texto
Ambiente
Famalicão lança encontro com enfoque na proteção do meio ambiente
    27-09-2017
    Cerca de 35 associações e movimentos da região Norte já confirmaram a sua presença no encontro "Ação Ecológica - Transição Sustentável e Regeneração" que vai decorrer no próximo dia 7 de outubro, na Casa do Território, no Parque da Devesa. A iniciativa organizada pela Associação Famalicão em Transição e Campo Aberto, vai reunir associações, movimentos e grupos de defesa do meio ambiente e de transição do norte e de territórios vizinhos. O evento inicia-se às 9h00 e termina às 18h30.

    Entre as associações presentes destaque para a LPN - Liga para a Proteção da Natureza, a Sociedade de Ética Ambiental, a AMO Portugal- Associação Mãos à Obra, a Acréscimo, de abrangência nacional, e ainda o Núcleo de Braga da Quercus - Associação Nacional de Conservação da Natureza, entre outras.

    O encontro conta com o apoio da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão e tem como finalidade juntar os grupos para uma partilha num espírito de colaboração e sinergia, que se focará na troca de informações, experiências e ideias relativas às dificuldades e às soluções ambientais, com vista a unir esforços, desenvolver a entreajuda e a solidariedade, por forma a contribuir para um amanhã de perenidade que supere as ameaças que hoje pendem sobre a terra, a humanidade, as espécies animais e vegetais.

    Será um dia dedicado às questões ambientais. José Carlos Marques, membro da Campo Aberto - Associação de defesa do ambiente, espera deste encontro "um reforço de laços, colaboração e solidariedade entre associações, grupos e cidadãos com intervenção cívica no domínio da defesa da natureza e do ambiente, possibilitando uma maior circulação de informação entre eles."

    Manuela Araújo, da Associação Famalicão em Transição, acredita que com este encontro seja possível "conseguir passar uma mensagem de consenso para os cidadãos e o para poder político, através da Carta de Famalicão - documento em preparação a aprovar no encontro, podendo daí resultar um maior compromisso na defesa de orientações a nível do espírito e das práticas de sustentabilidade e de proteção da natureza.”

    Os resultados deste encontro serão amplamente divulgados, como contributo para um desenvolvimento sustentável, a nível ambiental, social, económico e político bem como para a época de transição que se aproxima, baseada num novo paradigma energético e económico e na regeneração dos ecossistemas urbanos e não urbanos.
    Receber Notícias
 
 
Subscrever RSS  
 
Enviar por email  
 
Imprimir  
560 leituras
 
 
TOPO
 
   
  Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão © copyright 2017 | handmade by brainhouse