Pesquisar
 
 
 
 
Alterar tamanho do texto
Empreendedorismo e Inovação e Educação
Agrupamento de Escolas Padre Benjamim Salgado vence “O Meu Projeto é Empreendedor”
    12-11-2018
    O Agrupamento de Escolas Padre Benjamim Salgado venceu a edição deste ano da iniciativa “O Meu Projeto é Empreendedor”, com a construção de um sistema inovador de distribuição de peças em armazém.

    Na prática, este projeto desenvolvido pelos alunos Domingos Mendes e Jorge Oliveira, do curso profissional de Técnico Eletrónica Automação e Computadores, permitirá evitar o transporte, por parte dos funcionários das empresas, de peças desde o armazém até ao recetor, tornando todo este processo controlado por um painel ou por uma aplicação informática.

    Conforme explicam na descrição do projeto, “cada funcionário irá ter um tapete ligado ao seu posto de trabalho e um botão/painel para pedir a peça que deseja”.

    Este foi um dos 10 projetos finalistas do concurso “O Meu Projeto é Empreendedor”, que todos os anos destaca as Provas de Aptidão Profissional mais inovadoras apresentadas pelos alunos do ensino profissional de Vila Nova de Famalicão.

    O projeto de remoção automática de rolos de tear, desenvolvido por Tiago Campos, da FORAVE, em parceria com a C-ITA, Continental Indústria Têxtil do Ave, e o sistema automatizado para maximizar a utilização de painéis fotovoltaicos desenvolvido pelos alunos do INA – Instituto Nun’Alvres, Paulo Ferreira, Otávio Coelho e Ricardo Marques, conquistaram o segundo e terceiro lugares, respetivamente.

    Na visita que fez à mostra do concurso, na passada sexta-feira, dia 9, o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, salientou a “maturidade” dos projetos apresentados.

    “É inegável que, a cada ano que passa, há uma melhoria inequívoca na qualidade dos projetos, na sua performance, na forma como estão cada vez mais próximos da realidade e na sua aplicabilidade do ponto de vista empresarial. Já não são simples ideias, já têm plano de desenvolvimento e uma metodologia de abordagem ao mercado”, disse.

    Os três primeiros classificados são premiados com 1000, 500 e 250 euros. O grau de inovação, a exequibilidade e o impacto social e/ou económico da ideia foram os critérios tidos em conta pelo júri da iniciativa.

    Fomentar o empreendedorismo nos jovens estudantes e valorizar o ensino profissional no concelho é o principal objetivo do concurso, promovido pela Rede Famalicão Empreende.

    Receber Notícias
 
 
Subscrever RSS  
 
Enviar por email  
 
Imprimir  
242 leituras
 
 
TOPO
 
   
  Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão © copyright 2018 | handmade by brainhouse