Pesquisar
 
 
 
 
Alterar tamanho do texto
Ação Social
Apoio à renda é “tábua de salvação” para 190 famílias famalicenses
    12-07-2018
    Foi uma situação inesperada de desemprego com baixa que levou Maria (nome fictício) a procurar ajuda para as suas despesas com a habitação. “Senti-me a entrar num abismo quando me apercebi que não conseguia ter dinheiro para pagar a renda da casa”, explica, salientando que soube do programa municipal “Casa Feliz, Apoio à Renda” promovido pela Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, por acaso. “Quando tive conhecimento deste apoio percebi que era a minha tábua de salvação”, afirma, acrescentando, “é uma ajuda fundamental para este período difícil que espero termine rapidamente”. O exemplo de Maria mostra bem a importância do programa municipal “Casa Feliz, Apoio à Renda” e a diferença que faz na vida dos famalicenses beneficiados.

    O presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, recebeu, esta terça-feira, nos Paços do Concelho, as quase duzentas famílias que vão poder contar, durante este ano, com o apoio financeiro municipal para conseguirem cumprir os seus compromissos com as rendas das suas habitações. O autarca afirmou que apesar do apoio à habitação social “não ser uma competência da Câmara Municipal”, a autarquia “não pode ignorar situações em que as pessoas precisam deste apoio”.

    “É um investimento considerável do município, que se ajusta às necessidades”, afirmou. E acrescentou: “Eu estou aqui a dar voz a este apoio que é de todos os famalicenses”.
    Maria Gonçalves, de 53 anos, divorciada e com uma filha a estudar também vai beneficiar este ano do apoio municipal pela primeira vez. “Estou de baixa média e este apoio vai ser muito importante para me ajudar nesta fase mais complicada da vida”, assume.

    Refira-se que o apoio municipal implica um investimento anual de 200 mil euros e pretende apoiar famílias que, por diversos motivos, estão numa situação de carência económica e que precisam de apoio para suportar as rendas e evitar despejos por falta de pagamento.

    Desde 2014, a autarquia já investiu cerca de meio milhão de euros com os apoios à renda. Os apoios são divididos em três escalões A, B e C, correspondendo a 100 euros, 75 euros e 50 euros mensais. Com o escalão A foram beneficiadas 107 famílias, com o Escalão B 70 e com o Escalão C 13 famílias.

    Refira-se que a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão criou em 2005, o programa Casa Feliz com apoio às obras, onde as famílias que mais precisam têm direito a uma ajuda financeira que pode chegar aos 5 mil euros, para reabilitar as suas casas, proporcionando as condições mínimas de bem-estar. Neste âmbito, já foram beneficiadas muitas centenas de famílias.

    Em 2012, o programa Casa Feliz foi alargado com o apoio à renda. Aqui o objetivo é, precisamente, apoiar as famílias famalicenses que se encontrem a viver em habitações arrendadas e que, de uma forma temporária e inesperada, se vejam sem condições financeiras para cumprirem os contratos celebrados com os seus senhorios.
    Receber Notícias
 
 
Subscrever RSS  
 
Enviar por email  
 
Imprimir  
580 leituras
 
 
TOPO
 
   
  Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão © copyright 2018 | handmade by brainhouse