Pesquisar
 
 
 
 
Alterar tamanho do texto
Economia e Câmara
Anuário da Ordem dos Contabilistas confirma eficiência financeira de Famalicão
    12-10-2018
    A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão está no top 20 das autarquias portuguesas de maior dimensão com melhor eficiência financeira. De acordo com a edição 2017 do Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses, recentemente publicada pela Ordem dos Contabilistas Certificados (OCC), o município famalicense ocupa a 16.ª posição entre os municípios com mais de 100 mil habitantes, fazendo parte da lista dos 100 melhores classificados globalmente.

    Com coordenação do professor João Carvalho, o documento é elaborado em colaboração com o IPCA – Instituto Politécnico do Cávado e do Ave, o Tribunal de Contas, o Centro de Investigação em Contabilidade e Fiscalidade e do Centro de Investigação em Ciência Política da Universidade do Minho, sendo atualmente uma referência nacional na monitorização da eficiência do uso dos recursos públicos na administração local.

    Para chegar à classificação de um município financeiramente eficiente, os investigadores do estudo mediram um conjunto de resultados que relaciona indicadores como, entre outros, as dívidas a terceiros por habitante, a liquidez, o resultado operacional, o peso dos custos com pessoal, o investimento pago, a diminuição das dívidas, o grau de execução da receita líquida e o prazo médio de pagamentos aos fornecedores.

    No rol de indicadores em que Vila Nova de Famalicão sobressaí com particular incidência e que lhe vale a designação de município financeiramente eficiente está a diminuição constante da dívida ao longo dos últimos anos, o posicionamento como um dos municípios com maior investimento pago na última década e o volume das receitas cobradas através de uma política fiscal estável.

    Ao nível dos impostos é interessante verificar que Vila Nova de Famalicão, apesar de manter inalteráveis as taxas desde 2013, consegue um aumento de IMI e de IMT, o que significa que há mais habitantes em Famalicão e simultaneamente mais dinamismo económico. O município de Vila Nova de Famalicão deixou inclusivamente de arrecadar mais de 5 milhões de euros de IMI, em virtude de uma taxa aplicada de 0,35% e que legalmente pode ir até os 0,45%.

    O Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses está disponível para consulta e download aqui.
    Receber Notícias
 
 
Subscrever RSS  
 
Enviar por email  
 
Imprimir  
2404 leituras
 
 
TOPO
 
   
  Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão © copyright 2018 | handmade by brainhouse